Signos

Imagem relacionada

Os signos do zodíaco ou signos zodiacais têm sua origem nas doze constelações do zodíaco visíveis na eclíptica, que também é conhecida como o Cinturão Zodiacal ou Via Solis, ‘Caminho do Sol’.

Há cerca de dois mil anos , quando o grego Cláudio Ptolomeu sistematizou todo o conhecimento recolhido à tradição astrológica dos povos com quem os gregos mantiveram contato, o equinócio vernal – marca do início da primavera no hemisfério norte – era assinalado pelo “ingresso” do Sol na constelação de Áries. Na verdade, tratava-se do fato de que, da Terra, o Sol era visto tendo a constelação de Áries “ao fundo”.

Como este fato marcava o retorno da vegetação e do calor após os meses de inverno, o momento em que a vida irrompia do solo e o início de um novo ciclo, Áries foi considerado o primeiro signo zodiacal e as constelações seguintes passaram a nomear os signos em seqüência.

Aqui faz-se necessário um esclarecimento. Por uma questão prática e estética, adotou-se a idéia do círculo (360º) para a representação do céu. Este círculo também representava o caminho do Sol através das constelações/signos. A cada signo corresponderiam trinta graus em doze parcelas correspondentes. Esta representação veio a ser considerada um ‘zodíaco intelectual’, já que simplificava propositalmente a representação elíptica da órbita dos planetas. Importa saber que, nestes tempos, ainda se acreditava que a Terra era o centro do universo. A Astrologia e a Astronomia, até então consideradas ciências complementares, baseavam-se na visão geocêntrica.

Com o passar do tempo, notou-se que um fenômeno “celeste” fazia com que o ponto equinocial de primavera retrocedesse à constelação anterior, neste caso, Peixes. Este fenômeno veio a ser chamado de Precessão Equinocial. A partir desta constatação, a Astrologia, que se mantinha fiel à forma geocêntrica de representar as posições signo/planeta e à representação destas posições dentro dos 360ºgraus do cículo.

Como, na Antiguidade, o método mais utilizado para a observação da movimentação planetária era olhar para o céu, apenas cinco planetas eram visíveis. Eram eles: Mercúrio, Marte, Vênus, Júpiter e Saturno. O Sol e a Lua eram chamados luminares, e contavam entre os planetas, quanto à distribuição de regentes por signo. Desta forma, o Sol e a Lua foram atribuídos aos signos de Leão e de Câncer, respectivamente. Aos cinco planetas foi atribuída uma regência dupla. Vênus, por exemplo, rege a Touro e a Libra. No primeiro, estimularia a sensualidade e a exploração dos sentidos, o desejo pela matéria de boa qualidade, pela opulência das formas, a doçura, quando em ambientes calmos. No segundo, o desejo pela harmonia, pelo equilíbrio estético, a cortesia, a beleza e o charme, o desejo de seduzir pela graça.

O signo solar é aquele no qual o Sol é visto por ocasião do nascimento ou do início de uma pessoa ou atividade. Quem afirma “Sou de Capricórnio!”, p.ex., nos informa que nasceu em algum momento do período em que o Sol cruza este signo. O signo solar nos informa das qualidades e defeitos que precisaremos desenvolver ou minimizar durante a nossa vida. Refere-se a potenciais dos quais devemos nos conscientizar, uma vez que o Sol simboliza o princípio vital, doador de vida, assim como a consciência em estado primordial. Entretanto, para uma orientação mais aprofundada e útil, deve-se procurar estudar o mapa natal onde, da interação do conjunto dos doze signos, dos planetas e luminares, um astrólogo competente levantará significados que poderão inspirar a nossa inteligência, sugerir caminhos e escolhas adequadas para o momento.

aportal.gif (29949 bytes)

Astros regentes e os signos

ani3dgo3.gif (19896 bytes)





Sol: Leão;




Moon-01.gif (24728 bytes)Lua: Caranguejo (Câncer).

Pluto1.gif (12135 bytes)Mercúrio: Gémeos (Gêmeos) e Virgem;

Mars.gif (19034 bytes)Vénus (Vênus): Touro e Balança (Libra);

arth_1.gif (18823 bytes)Terra: Touro

Mercury.gif (24267 bytes)Marte: Carneiro (Áries); Co-Regente: Escorpião
Jupiter2.gif (23276 bytes)Júpiter: Sagitário; Co-Regente: Peixes

Saturn.gif (5027 bytes)Saturno: Capricórnio

globe9.gif (6287 bytes)Urano: Aquário;

Neptune2.gif (12675 bytes)Netuno: Peixes;



Os Signos

- Carneiro ou Áries (21 de Março - 20 de Abril) - Signo do Fogo do OutonoHS / Terra na PrimaveraHN.



- Touro (21 de Abril - 20 de Maio) - Signo da Terra do OutonoHS / Água na PrimaveraHN.



- Gémeos ou Gêmeos (21 de Maio - 21 de Junho) - Signo do Ar do Outono HS / Fogo na Primavera HN.



- Caranguejo ou Câncer (22 de Junho - 21 de Julho) - Signo da Água do Inverno HS / Terra no VerãoHN.




- Leão (22 de Julho - 22 de Agosto) - Signo do Fogo do Inverno HS / Ar no VerãoHN.



- Virgem (23 de Agosto - 22 de Setembro) - Signo da Terra do Inverno HS / Água no VerãoHN.



- Balança ou Libra (23 de Setembro - 22 de Outubro) - Signo do Ar da PrimaveraHS / Fogo no OutonoHN.



- Escorpião (23 de Outubro - 21 de Novembro) - Signo do Água da PrimaveraHS / Terra no OutonoHN.



- Sagitário (22 de Novembro - 21 de Dezembro) - Signo do Fogo da PrimaveraHS / Ar no OutonoHN.



- Capricórnio (22 de Dezembro - 20 de Janeiro) - Signo da Terra do VerãoHS / Água no InvernoHN.





- Aquário (21 de Janeiro - 19 de Fevereiro) - Signo do Ar do VerãoHS / Fogo no InvernoHN.


- Peixes (20 de Fevereiro - 20 de Março) - signo da Água do Verão HS / Terra no Inverno HN.



Nota: HN - hemisfério norte HS - hemisfério sul


pla1.gif (40509 bytes)



Nenhum comentário: